Soledade

Associação Espírita Luz e Caridade promove Palestrante com Célia Diniz

Soledade - 25.10.2018 fotos: Divulgação

A palestrante espírita mineira Célia Diniz estará em Soledade para compartilhar um pouco de sua experiência de enfrentamento à dor da morte. A palestra será realizada dia 5 de novembro, com início às 19h30min, com entrada franca para o público e sessão de autógrafos após a palestra

 

Conheça Célia Diniz

Amiga de Chico Xavier, ela perdeu dois filhos e recebeu pelas mãos do médium uma carta psicografada por um deles, fato registrado no filme As Mães de Chico Xavier.

Célia é presidente do Centro Espírita Luiz Gonzaga, que fica no município mineiro de Pedro Leopoldo e foi a primeira instituição do tipo fundada por Chico Xavier. “Eu nasci em uma família espírita. O meu pai foi colega de serviço de Chico Xavier em Pedro Leopoldo. Eu convivi com Chico desde a infância.”

Célia teve de conviver com a morte de um filho de apenas três anos em um acidente de bicicleta e com a perda de uma filha de 27 anos, vítima de dengue hemorrágica. Esse aprendizado foi retratado por ela no livro: “Vencendo a Dor da Morte”, tema dos encontros na região.

“O espiritismo tem a resposta do ‘por que sofremos?’. As pessoas, quando deparam-se com a dor, procuram a doutrina para entender o porquê do sofrimento”, afirma. “E quando a gente sabe porque é que a gente sofre, o sofrimento fica mais suportável porque a gente vê um sentido nele”.

Apesar das respostas dadas pela doutrina, a palestrante confessa que enfrentar a dor da separação física dos filhos não foi tarefa fácil. “Saber por que sofremos não significa que não vamos sofrer. A dor existe, é fato. Só que a gente lida melhor com ela”.

Segundo ela, um fato em especial lhe ajudou nesse processo. “Um ano depois (da morte), meu filho voltou e ditou uma mensagem para mim através do Chico. Era tão inédito uma criança tão novinha conseguir essa peripécia que isso foi parar no filme ‘As Mães de Chico Xavier’. A Vanessa Gerbelli que interpreta a nossa história”, revela.


Fonte: Divulgação


veja também