Geral

Outras

Simples ações refletem pluralidade

Lajeado - 27.02.2018 fotos: Ana Amélia Ritt / Divulgação

Saiba por que novos espelhos foram colocados em banheiros da Instituição

Ações simples do dia a dia às vezes passam despercebidas. Um espelho novo no banheiro da Universidade até pode chamar a atenção em um primeiro momento, mas logo se torna comum e é esquecido. O reflexo disso – em todos os sentidos – pode, porém, ter muita importância para determinadas pessoas. Foi isso que aconteceu na Univates.

Gabriela Richter é funcionária da Instituição e estudante de Sistemas de Informação. Com 1,40 m de altura, ela explica que antes tinha dificuldade para se enxergar nos espelhos dos banheiros, pois ficam acima da pia, o que possibilitava a visão parcial do próprio rosto. Colocados na vertical, os novos espelhos instalados auxiliam pessoas com baixa estatura ou cadeirantes. “Não sabia que os os novos espelhos instalados tinham esse propósito. A Instituição abrange vários tipos de pessoas, não há um público específico, e conseguir uma forma de incluir todos é muito legal. Agora é bem melhor, consigo usar os espelhos tranquilamente”, afirma.

A adequação foi pensada a partir dos princípios de pluralidade, liberdade e equidade que a Univates propõe. Segundo a professora doutora em Educação Morgana Domênica Hattge, que também é pesquisadora na área da inclusão, ações como essa são importantes em um ambiente de ensino porque têm relação direta com o respeito à individualidade dos sujeitos. “Pode parecer uma ação pequena, mas ela amplia a autonomia das pessoas e isso tem reflexo na construção de uma imagem positiva sobre si mesmo. Com uma autoimagem positiva também é possível relacionar-se de forma mais qualificada com aqueles que nos cercam”, explica.

Inicialmente os espelhos foram instalados nos banheiros dos andares térreos dos Prédios 13, 16, 17, 19, 20, 21, 22 e 24, e nos banheiros de todos os andares do Prédio 9. Nos próximos meses, espelhos serão colocados no restante dos prédios, tendo como prioridade os banheiros térreos e femininos.

Além dos espelhos, totens de autoatendimento também foram adaptados, sendo substituídos por telas móveis, que possibilitam à comunidade acadêmica ajustar a altura do equipamento conforme a necessidade.

 


Fonte: Assessoria de Imprensa / Setor de Marketing e Comunicação - Univates


veja também