Soledade

Somave apresenta modelo de trabalho e geração de 130 empregos em Soledade

Soledade - 12.07.2019 fotos: Tripop

A Somave Alimentos, com sede em Cidade Gaúcha no Paraná, está no mercado desde 2008, parece pouco tempo, mas foi tempo o suficiente para investir em novas unidades, exemplo recente, a de Soledade.

Depois de três anos de tratativas e negociações em vários âmbitos, seja federal, estadual e municipal, o empreendimento do setor do agronegócio agora é realidade no município do Alto da Serra do Botucaraí.

Em um evento concorrido junto ao Salão Nobre da prefeitura soledadense, na manhã desta quinta-feira, 11/07, Tadeu Grando, diretor da Somave Alimentos, unidade de Soledade, deu detalhes sobre o investimento.

Grando explicou que para que fosse possível implantar a unidade no município era necessário um grande investimento financeiro.

Primeiro foi adquirida uma área rural de 12 hectares e posteriormente a construção de um prédio com 4.500 m2, as margens da ERS-332 entre Soledade e Espumoso.

Tadeu destacou que a Somave está constantemente investindo em tecnologia de ponta para tornar os processos de abate e empacotamento ainda mais eficientes e dentro das mais exigentes certificações mundiais, o que demanda também em investimentos pesados.

Conforme o diretor, foram aplicados nesta nova unidade, valores entre R$ 15 e R$ 17 milhões de reais, com investimento privado.

Em um primeiro momento a empresa realizará o abate 12 mil galinhas e galos por dia, algo em torno de 38 toneladas, trabalho este que será realizado em um turno, dividido da seguinte maneira: 5h às 14h e 6h às 15h.

Para que o abate seja possível, a empresa contratou mão de obra local, sendo 130 empregos diretos e outros 70 indiretos, tendo um custo mensal com os funcionários girando em torno de R$ 400 mil.

O produto principal, as aves, virão de aviários da região, pois Soledade ainda carece deste segmento, porém, em um futuro bem próximo, espera-se que esta realidade mude.

Tadeu Grando declarou ainda de que se tem uma previsão de faturamento mensal girando em torno de R$ 4 milhões de reais por mês, na unidade de Soledade.

Por fim, o administrador informou que acontecerá no dia 20/07, às 15h, junto a nova unidade, o ato de inauguração do empreendimento, no entanto, frisou que isso não representa efetivamente o funcionamento da empresa, pois espera por detalhes na esfera federal.

Tadeu crê que, mais tardar em três semanas, tudo estará consumado.

 

 


Fonte: Rádio Cristal


veja também